Se soubesses o quanto…

Advertisements

Às vezes

Às vezes gostaria de estar contigo sem que mais ninguém houvesse neste mundo. 

Às vezes penso que assim é e deixo-me embalar por esta fantasia até adormecer contigo a meu lado. Contar as vezes que respiras e respirar contigo. Mais ninguém neste mundo e adormeço sem preocupações. Conto as vezes que respiras e faço por respirar ao mesmo tempo que tu até serenar. Dormes serena. A tua respiração acompanha. Se o fizer como tu fazes penso que é assim a melhor maneira de chegar onde estás no teu sono sereno. Penso que é assim ser sereno, esquecer. E mais ninguém está nesse mundo. É lá que desejo estar também. Contigo e sem mais ninguém. Às vezes assim é. Até esquecer tudo e mais alguém.

Dorme bem, meu bem.

Presente

Amar-te é sertir-te aqui comigo, mesmo que esteja longe. 

Amar-te é a ausência de estar só. 

Amar-te é estar sempre com saudades de ti. Mesmo quando te tenho aqui tão perto.

Amar-te é um presente constante, ignorando que o tempo existe. Amar-te é o parar do tempo, do que já não é importante. 

Pouco me importa o quando desde que me digas ainda amo.