Cartas de amor

Está na altura de escrever cartas de amor ao meu amor de uma vida antes que a vela se acabe e seja só arrependimento. 

A Catarina quer cartas de amor e quero ser eu a escrever-lhas. A primeira vai ser a resposta à pergunta quando é que te sentiste a apaixonar por mim. 

Tenho tantos momentos e nunca lhos disse. Se juntasse todos esses pontos felizes com uma linha, faziam-se estendais de luz para iluminar o resto dos meus dias. É esse estendal que quero montar agora. Que burrice não me ter lembrado disto antes. Isso acabou. 

A minha crise dos 40 vai ser centrar-me em ti e esquecer-me de mim um pouco mais e mais até só haveres tu, meu amor.

JG.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s