Onde estás


A vida é uma espera. Esperamos que tudo corra bem e nada corra mal. Esperamos. Sempre. Os dias que se medem à espera de tudo e para nada. Gosto de ti e já espero nada. Estás aqui. E tu que me perguntas onde estás. Estou no teu coração. É aí que me encontras sempre à tua espera. Não esperes tu por mim que já lá estou. 

Contigo arrisco e de nada me escondo. Vivo porque quem se mostra sem medo, vive. Tiras-me o medo. Dás-me vida. Agradeço-te com palavras. Trago-te palavras que ficam. As flores não ficam tanto quanto queria que ficassem senão também te as trazia. Trago-te pedrinhas e grãos de areia. Gosto de te mostrar feliz coisinhas que ficam, que me lembrem de ti. Um momento por palavra. Um jardim de palavras. Uma pestana sempre no dedo de cima. Desejos que para nós ficam também e tão bem.

JG

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s